Fotos da Unidade Feminina

7efe9fcb-4611-47eb-a266-cdb873a0b6d3
7f562c2d-a72f-4cf4-bd37-62a6de49f731
209afc0d-459b-4b24-8305-fca1978c5024
b9a46c6c-e8ae-4a84-aa0b-d74c96b98bb4
eeadbf05-369f-4396-8934-eff6254aa1e7
PlayPause
previous arrow
next arrow

Clínica de Recuperação Feminina

Quando falamos de dependência química associamos ao sexo masculino, mais estudos apontam que o uso de substâncias químicas entre mulheres cresceu significativamente, geralmente a mulher é levada pelo lado emocional, como angústias, sentimento de culpa, melancolia entre outros.

Remédios para alterações de humor também facilita o uso de drogas, por exemplo, antidepressivos e calmantes, normalmente as mulheres têm uma grande dificuldade em relatar ou assumir que utiliza substâncias psicoativas e que precisa de ajuda, devido à penalização sofrida pelo gênero em diversos âmbitos sociais.

Fatores como a estrutura fisiológica tende a tornar as mulheres mais vulneráveis, nela as complicações e efeitos surgem mais cedo e mais agressivos, pois o organismo feminino é bem mais instável que o do homem.

Doenças como pancreatite, cirrose, neuropatias, e doenças psicopatológicas (ansiedade, depressão e distúrbio do sono), grande são os incidentes entre as mulheres, além de que, a média de vida cai em até 15 anos.

Vale salientar também que o uso de drogas, e álcool no período gestacional complica o desenvolvimento do feto até a após seu nascimento, consequentemente seu crescimento, apresentando convulsões e até crises de abstinência em bebês.

O que é uma clínica de recuperação ou reabilitação feminina

A dependência química é uma doença e precisa de um tratamento específico com pessoas capacitadas onde desenvolvem um trabalho que possibilita a adicta o tratamento de drogas no momento em que a mulher dependente perde o controle de suas ações físicas e mentais, deve-se buscar profissionais que entendam do assunto para que o quadro não se agrave mais do que pode estar.

A clínica de recuperação ou reabilitação feminina é um ambiente voltado para tratamento da dependência química específico para mulheres que de alguma forma tiveram contato com drogas ou álcool, e em decorrência disto apresentam alguns transtornos devido ao excesso de uso dessas substâncias.

Os recursos terapêuticos utilizados nas clínicas de recuperação e reabilitação tem a finalidade de reintegrar esta adicta novamente na sociedade, com todo apoio e estrutura direcionada aos cuidados psíquicos e físicos da dependente.

Trata-se de um acompanhamento com multiprofissionais especializados que oferecem as intervenções especificas para cada caso, de acordo com entrevistas feitas inicialmente.

Na clínica é realizado procedimentos farmacológicos, psiquiátricos e psicológicos, além de atividades de entretenimento para as internas de forma que desperte a ideia de compartilhar experiências (através de grupo de partilhas) e grupos de ajuda mútua que tem uma grande importância no processo de recuperação e de permanência da adicta durante seu tratamento.